Ipatinga: (31) 3824-6040
Fabriciano: (31) 3842-7288


   
Cirurgia de Correção da Visão a Laser

A sua visão além dos óculos e lentes de contato

A correção visual a laser é o resultado bem sucedido de um esforço internacional desenvolvido por cientistas e oftalmologistas para utilização da luz do laser na correção da miopia, hipermetropia e astigmatismo, conhecidos como erros refrativos.

O excimer laser, um tipo especial de laser praticamente sem calor, foi desenvolvido em 1976 e passou a ser utilizado a partir de 1988, inicialmente, para correção da miopia. Controlados por um computador os pulsos do excimer laser removem tecido da córnea com grande precisão mudando a sua forma. Isto permite a formação da imagem nítida no local adequado da retina.

A cirurgia a laser já tornou realidade o sonho de milhões de pessoas em todo o mundo permitindo que a maioria delas realizem atividades do dia-a-dia como praticar esportes, dirigir e ver televisão sem lentes corretivas, mesmo se a acuidade visual 20/20 e o zero grau de miopia não forem alcançados.

Alguns dos principais benefícios da cirurgia a laser apontados pelas pessoas são: ver com nitidez quando acordam, não ter que usar óculos que ficam embaçados em dias úmidos, nadar e ver dentro e fora d’água , praticar esportes de contato em que as lentes e óculos não só atrapalham como são perigosos, e levantar à noite e ver sem óculos.

A fotoablação corneana (PRK) e a ceratomileusis assistida a laser (LASIK) são as principais técnicas cirúrgicas a laser consideradas da prática médica corrente pelo Conselho Federal de Medicina. O LASIK é mais adequado a um grande número de pessoas enquanto que a PRK a outras. O oftalmologista recomendará a técnica mais apropriada, dependendo do erro refrativo e das características individuais dos olhos de cada paciente.

PRK

A técnica cirúrgica PRK foi desenvolvida com o advento da correção visual a laser. O oftalmologista anestesia a córnea do paciente com colírio e remove uma pequena parte da superfície com um dispositivo especial. O excimer laser remodela a forma da córnea atuando sobre sua superfície por menos de 1 minuto.

O cirurgião poderá colocar, então, uma lente de contato para proteger a área tratada, evitar infecção e reduzir o desconforto durante a cicatrização. A lente será removida dentro de um a três dias após a cirurgia. A visão melhora gradualmente nas duas primeiras semanas e poderá alcançar o resultado definitivo entre quatro e oito semanas. Durante esse período o cirurgião poderá prescrever o uso de colírios.

LASIK

Utilizado a partir de 1991, o LASIK é uma avançada técnica cirúrgica que possibilita o oftalmologista tornar a correção visual a laser uma experiência altamente precisa, rápida e indolor. O LASIK pode ser utilizado para corrigir tanto altos quanto baixos graus de miopia e moderados graus de astigmatismo e hipermetropia.

Gotas de colírio anestésico são pingadas no olho do paciente e as pálpebras são imobilizadas por um dispositivo para evitar que a pessoa pisque durante a ação do laser. Um aparelho microcerátomo fixa o olho e levanta uma fina camada da córnea. Em seguida, a luz do laser esculpi uma das camadas internas da córnea em menos de 1 minuto.

Para tratar a miopia o laser atua no centro da córnea, tornando-a mais plana. Para a hipermetropia o laser atua próximo às bordas da córnea, deixando-a mais curva. No astigmatismo, o laser remove mais tecido em uma direção do que a outra, tornando a córnea mais esférica. A camada é recolocada na posição inicial colocando-se naturalmente sem necessidade de pontos.

O LASIK dispensa internação. A maioria dos pacientes enxerga o suficiente para retomar numerosas atividades já no dia seguinte e recupera a visão funcional em poucos dias. Certos pacientes sentem um leve desconforto no olho operado o qual deverá desaparecer dentro de seis a vinte e quatro horas e poderá ser aliviado com o analgésico a que estão acostumados. O cirurgião poderá prescrever o uso de colírio por alguns dias.

Expectativas Realistas

A cirurgia a laser aplica-se à maioria das pessoas desde que elas tenham, pelo menos, 18 anos de idade, cóneas saudáveis e satisfaçam alguns critérios, como estabilidade do grau nos últimos doze meses. Existem algumas condições médicas em que a cirurgia não é recomendada.

A cirurgia não corrige presbiopia, causadora da necessidade de óculos para perto a partir dos 40 anos. Se você estiver próximo desta idade, o oftalmologista poderá planejar a cirurgia para deixar um dos olhos ligeiramente míope. Isto retardará o uso de óculos para perto.

É importante que você se submeta à cirurgia bem informado. Durante a consulta de avaliação, o oftalmologista poderá dizer se a cirurgia a laser aplica-se ao seu problema e lhe falar sobre os benefícios e riscos do procedimento. Ao analisar as razões pelas quais você não deseja usar lentes corretivas, o oftalmologista ajudará você a decidir se suas expectativas poderão ser satisfeitas, levando também em conta a exatidão do grau que você deseja após a cirurgia.